Planetas Retrógrados

Rx_symbol

“as tartarugas conhecem as estradas melhor do que os coelhos” 

Ao olhar o céu, é possível notar que vários planetas estão fazendo seu movimento retrógrado: Mercúrio (de 28 de Abril a 22 de Maio) e Marte (de 17 de abril a 29 de Junho) são os principais atores, além de Saturno, que está retrógrado desde 26 de Março e permanece até 14 de Agosto. Enquanto isso, Júpiter vai fazendo seu movimento retrógrado desde 9 de Janeiro e finalizando agora, em 10 de Maio. Plutão entrou recentemente no seu movimento retrógrado, no dia 19 de Abril e fica até 27 de Setembro. Depois, na dança do céu, será a vez de Urano (de 30 de Julho a 30 de Dezembro) e Netuno (de 14 de Junho a 21 de Novembro).

Mas afinal, em que consiste o movimento retrógrado?!

epicycle-move

A palavra “retrógrado” vem do latim “retrogradus” e significa “para trás”. Na Astrologia, utilizamos a Terra como referência em nossas observações do céu e os planetas, quando estão no sentido contrário dos signos – em seu movimento aparente e por estarem se movimentando mais lentamente – nos dão a sensação de estarem andando para trás, o que no passado, classificou os planetas como “errantes”. Esse fenômeno acontece devido ao movimento de Translação da Terra ao redor do Sol e dar-se em todos os planetas, com exceção dos luminares: Sol e Lua. Nos planetas pessoais – aqueles que descrevem nossas características básicas de convívio social – o movimento retrógrado acontece da seguinte forma: em Mercúrio, a cada 4 meses, de 19 a 24 dias; Vênus a cada 1 ano e 7 meses, por um período de 40 dias; e Marte a cada 2 anos, com uma média de 80 dias.

Mas qual é o significado simbólico desse movimento?!

Na Astrologia, os estudos devem voltar-se também para as analogias, buscando correspondências e significados em seus movimentos. O fato de um Planeta remeter à sensação de andar para trás associa-se a retração, lentidão, revisão, reavaliação, necessidade de recuar, recapitulação, retorno de situações ambíguas e mal resolvidas. Também pode representar concentração, reconsideração, reconstrução, recomeço, renascimento, reviravolta, sensação de déja-vu e até mesmo lições kármicas.  De uma maneira positiva pode-se canalizar suas energias se aprofundando nas questões do momento, aumentando seu poder reflexivo e  mergulhando no autoconhecimento, a fim de promover reformulações na vida. A uma via negativa, tais energias podem se manifestar através de traumas, bloqueios, inibições, dificuldades, atrasos, repressão e introspecção exagerada. Durante o movimento retrógrado é necessário, acima de tudo, pazciência e flexibilidade!

Mercúrio, caracterizado como o planeta das comunicações diretas, está associado ao diálogo, comércio, negociações, publicações, recados, reportagem, anúncio e informativos. O planeta do movimento também está ligado às ruas, trajetos, trânsito e trilhas. Durante a retrogradação de Mercúrio podemos ter falhas drásticas nesse setor. Fique atento ao que você diz e, principalmente, escute o que o outro tem a lhe dizer. Organize sua agenda,  reveja os seus documentos e lembre-se que esse não é um bom momento para transações financeiras arriscadas, analise detalhadamente os contratos, cuidado quanto à verborragia e a fofoca. Em relação aos exames médicos, busque uma segunda, ou se possível, uma terceira opinião. Atenção aos acordos que foram fechados, é possível que apareçam atrasos, perdas e enganos. Provavelmente haverá um aumento no índice de engarrafamento, surgirão problemas em aparelhos eletrônicos, além da Internet ficar lenta…

Por outro lado, Mercúrio está no signo de Touro, o que nos sugestiona a reconsiderar nossa forma de ver o mundo. Observe a teimosia nossa de cada dia, os atos repetitivos durante a rotina, conceitos ultrapassados, a maneira como lida com o dinheiro e a comida, “toda certeza se torna uma prisão”. Touro é um signo fixo que rege a garganta, por isso, é preciso aprender a lidar com o poder do verbo e a Lei da atração. Durante a retrogradação de Mercúrio, mentiras podem vir à tona. Não prometa o que não possa cumprir, evite chantagens e manipulações.

Marte é o Planeta das iniciativas, dos inícios, do ímpeto, da vontade de abrir novos caminhos, da agressividade, assertividade, o instinto de sobrevivência e o desejo sexual. Marte aponta para onde se canaliza a energia, como a pessoa se impõe perante as dificuldades no caminho e de que maneira executa suas tarefas. O Grande Guerreiro também está associado às armas de fogo, aos esportes, aos trabalhos em indústria, à polícia e aos militares.

Nesse período de retrogradação, com Marte no Signo de Sagitário, é preciso rever as atitudes em relação às crenças e opiniões. Compreenda que existem diferentes visões de realidade e querer impor a sua verdade com agressividade, só trará mais problemas. Observe que nas redes sociais, por exemplo, haverá um aumento das discussões políticas e religiosas, com alto teor de agressividade, intolerância, preconceito e rancor. Verificam-se problemas nas Instituições educacionais e os discursos xenófobos e fascistas, carregados de sarcasmo e ironia se intensificam. Pode haver atraso e imprevistos em viagens e voos. Não será estranho caso haja um aumento da pressa e da ansiedade, aquela vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, atropelando as atividades mais básicas ao tomar atitudes impulsivas, seguidas de arrependimento. Virá à tona um desejo de abandonar tudo e vagar pelo mundo a fora… Vagareza em processos judiciais, muita lentidão e impaciência no trânsito. Atenção aos gastos abusivos na bebida, comida e em artigos fúteis. Evite iniciar grandes projetos, eventos megalomaníacos ou empreendimentos arriscados.

O aumento da libido pode surtir efeitos repressores, caracterizando um crescimento de abusos sexuais e violência doméstica. Os exageros das autoridades, tanto militares quanto policiais, estarão mais evidentes. Será que toda essa energia poderá surtir em atentados terroristas?

No amor, a coisa pode esquentar ou esfriar de vez. Não é um bom momento para iniciar relacionamentos ou casamentos, pois a tendência da energia é se dispersar com o tempo. Evite também longas e profundas “DR”, a tendência é se tornar uma grande discussão. Os nervos estão à flor da pele.

Nesse momento, o poderoso Júpiter encontra-se enfraquecido no signo de Virgem. Júpiter, o Zeus do Olimpo é ligado ao crescimento, à expansão, o êxtase, a fartura e abundância, em Virgo um signo discreto, tímido, analítico, que busca o discernimento, não combina com tais características. É dito na classificação das dignidades astrológicas que Virgem está em Exílio quando se encontra no Planeta Júpiter, ou seja, não está em casa. O gigante Júpiter fica em domicílio em Sagitário e Peixes. Virgem rege o sistema nervoso, as entranhas do corpo humano, então a expansão jupiteriana aqui, se dá no mundo interior, muito mais do que exterior. O progresso acontece em doses homeopáticas, de dentro pra fora. Logo, é um bom momento para buscar o autoaperfeiçoamento no trabalho, nos estudos, no corpo e na alimentação. Voltar a estudar, investir em cursos, no refinamento da técnica. Se organizar para voltar a crescer. É um período de estagnação e recessão econômica em nível global. É importante apostar na autossustentabilidade, e na qualidade da prestação de serviços.  Não é hora de esbanjar, ostentar muito menos desperdício. Como Virgem é um signo que fala de doenças e hospitais, teremos problemas nesse setor, além do sucateamento do serviço, aumento do uso abusivo de drogas “legais”. Desaceleração em eventos de grande porte, tanto esportivo, como cultural, assim como no turismo.

Júpiter está associado às Leis, ao Poder Judiciário e Legislativo, além das instituições financeiras, políticas e religiosas. Durante esse período de retrogradação, além de presenciarmos as mudanças na política Nacional – com o processo de Impeachment da presidente Dilma Roussef (O Brasil tem o Sol em Virgem) – estamos acompanhando diariamente a falência e a desconfiança do povo, perante a rachadura de tais sistemas. Também há um aumento do preconceito, pois o signo de Virgem discrimina, no ato de perceber diferenças, e, assim, classifica e cataloga sob sua percepção. A mesquinharia financeira, devido ao medo da cri$e, e o fanatismo religioso, se amplia ainda mais pelo fato de Saturno e Marte estarem em Sagitário, justamente por também estar fazendo o seu movimento retrógrado.

Como o signo de Virgem fala de Trabalho, podemos presenciar restrições dos benefícios ao operário assalariado durante esse período. Desconfiança, pessimismo, críticas e julgamentos aos estilos de vida fora do comum. É importante, em períodos de crise, buscar alternativas e soluções criativas e jamais perder a fé e o otimismo. Acreditar no algo a mais, muitas vezes opera milagres. É importante saber lidar com as restrições e não perder a cabeça. Organização, disciplina e a criação de um método com um eficaz planejamento serão fundamentais na batalha. Usar somente o necessário, cultivar hábitos saudáveis, se divertir com simplicidade, entrar em contato com a natureza, observar e absorver a sabedoria, que existe com o ritmo do universo, pode emergir grande significância.

Porém, com Saturno em Sagitário fazendo seu movimento retrógrado, devem-se repensar os valores da cultura. Existem diferentes civilizações no mundo, mas o imperialismo de algumas nações tende a torná-las hegemônicas. O processo da Globalização deixou lacunas profundas, que estão sendo preenchidas através de intolerância e preconceito. Observa-se também o aumento da arrogância intelectual e já que o signo de Sagitário é o aprendiz – aquele que busca o conhecimento – precisa ainda desenvolver a sabedoria, que não se encontra apenas na teoria, mas juntamente, na prática.

Como expandir? Como chegar lá? Qual será realmente o seu objetivo? Com a retrogradação de Saturno em Sagitário é importante rever, revisar e refletir a melhor maneira de estruturar a realização do seu intento. É preciso ter os pés no chão, responsabilidade e constância para atingir bons resultados. Lembre-se que a pressa é a inimiga da perfeição e toda a ansiedade dificulta a concentração.

Estás vivendo de acordo com a sua filosofia de vida, vivendo aquilo que tu afirma? Existe verdade absoluta?! Continua na busca, ou desiste da jornada? Se quem ensina, também aprende, você compartilha ou está desconfiado? Afinal, no que você acredita?! E esse seu sorriso, é verdadeiro? Onde você esconde sua hipocrisia e seu moralismo?

E para finalizar, o Senhor das profundezas Plutão, iniciou seu movimento retrógrado no dia 19 de Abril, sacudindo tudo! Tivemos um terremoto no Equador, que trouxe graves problemas sociais. Além disso, muitas reviravoltas na política e revelações surpreendentes de esquemas de corrupção virão à tona, como a Operação Lava Jato e Panana Papers. Quem está no topo fará de tudo para não largar o osso.

Plutão refere-se ao poder, a magia, a morte e ao mistério. “Não há nada oculto que não possa ser descoberto”. Com seu movimento de retrogradação, Plutão revelará muita coisa que estava soterrada e escondida.  É importante salientar que quem bate esquece, mas quem apanha quer se vingar. Isso pode aumentar os casos de adultério, vingança e traição. Situações desgastadas tendem a ter um ponto final. É também um lindo momento de renascimento e transmutação. É preciso desapego para abandonar uma estrutura completamente sucateada. Caracteriza um bom período para Psicanálise, Psicoterapia, investigações profundas e estudos ocultistas.  Plutão também fala de paixão e é possível o reencontro de antigos amores do passado. Tragédias podem acontecer em larga escala e pode haver uma expansão das doenças sexualmente transmissíveis, assassinatos violentos, problemas com lixo e esgoto, além de notícias envolvendo rituais macabros de magia negra.

Plutão está em Capricórnio e, com seu movimento retrógrado, poderemos acompanhar mudanças nas estruturas e leis trabalhistas, o crescimento da terceirização e o desemprego, além da manutenção da concentração do poder das megacorporações. Durante essa retrogradação é importante o questionamento do sistema que controla a vida dos homens. Qual será o preço que a humanidade terá que pagar para manter a ambição, a sede de poder, o status, a riqueza e suce$$o de uma minoria? Até quando a crença no mais forte, e a história de que os fins justificam os meios, prevalecerá nas relações humanas? Será o início de uma Nova Ordem Mundial?

É preciso ter consciência e acabar com o otimismo desenfreado ao encarar a dura realidade de que o mundo passa por uma profunda crise, mas felizmente, o céu tem muito a nos ensinar, direcionando-nos. Em períodos difíceis e conturbados, é importante a tomada de atitude com coragem, ao mesmo tempo em que deverá haver sabedoria na hora de agir, entendendo o momento de esperar e buscando alternativas, aprendendo a ser flexível, encontrando as brechas e usufruindo das oportunidades. Adaptação é fundamental. O mito de Plutão nos lembra, que assim como Hércules, na batalha contra Hydra, muitas vezes é preciso se ajoelhar para se reerguer. É preciso morrer para renascer. Para isso será necessário vasculhar a sua sombra, aquilo tudo que tu negas e esconde de ti mesmo, mas que aos poucos vai criando forma e se tornando um monstro. A sociedade ocidental, egoísta e imediatista, ainda não compreendeu que existe um ritmo maior que governa a vida e que seus desejos individualistas precisam respeitar esse poder maior e misterioso que rege a existência.

O ano de 2016 segue veloz, nos apresentando uma série de desafios. É na dificuldade que surgem os verdadeiros guerreiros. Não tenha medo da luta, estamos todos no mesmo barco. Atitudes e ideias modificam a realidade. Respira, Inspira, Conspira…

Tudo que vai…

Volta.

: :

Comentários

Coentários