2016: O ano do Sol

sun2016

Afinal, como será o ano de 2016? Ele será mesmo regido pelo Sol?!

Existem pelo menos 4 técnicas para encontrar qual planeta será regente do ano e nenhuma delas é considerada errada. Assim como no Tarot, onde há diferentes abordagens (Marselha, Rider, Crowley) também é na linguagem dos astros. Diferentes pensamentos sobre a Astrologia, mas com suas próprias referências técnicas (Tradicional, Esotérica ou Psicológica) e nenhuma delas são melhores ou piores do que a outra.

No livro “Retorno a Alexandria”, Robert Ambelain afirma que é necessário observar o ingresso do Sol em Capricórnio para analisar quais seriam as características do ano. A partir do posicionamento astrológico daquele momento, através de uma contagem pontos (Planeta em Domicílio/3 pontos, Planeta em Exaltação/4 pontos) – incluindo as casas astrológicas – era definido qual seria o regente daquele ano. O sistema deixava lacunas, pois permitia que diferentes localidades tivessem regentes distintos.

Outra técnica famosa é oriunda das tabelas de “conjunções”, que foram encontradas em Centilóquio L, de Ptolomeu. Alguns astrólogos afirmam serem compilações dos judeus, através dos antigos Babilônios. Esta tabela fora adaptada pelos Caldeus e depois utilizada por Nostradamus. Refere-se a um possível ciclo de 119 anos.

tabela1

Alguns astrólogos mais tradicionais defendem o uso da Profecção de Vettius Valens, para prever os principais acontecimentos do ano. Utiliza-se a combinação do mapa natal com a Revolução Solar e uma de suas regras afirma que se o um signo for profectado no mapa natal, ele será o senhor do ano, mas caso isso não ocorra, o planeta que tiver na revolução solar no signo profectado será o regente do ano.

Entretanto, existe ainda uma 4ª técnica que fora difundida por Ordens Ocultistas e chegaram até o Brasil através de pessoas como Emma de Mascheville e Francisco Lorenz. Nessas tabelas, o ciclo dura 36 anos e a cada ciclo de 36 anos é atribuída uma regência planetária (Regente do Ciclo). Dentro deste ciclo existem ciclos menores anuais, que também possuem seus respectivos regentes (Regente do Ano). São considerados apenas os Planetas baseados na Estrela dos Magos. Os ciclos de 36 anos seguem a seguinte ordem: Saturno, Venus, Júpiter, Mercúrio, Marte, Lua e Sol.

ciclos_planetas1

A Agricultura Celeste adota essa última técnica na definição de qual planeta rege o ano. Foi escolhida através da própria observação diária dos fatos pessoais e mundanos e também pelo motivo de acreditar, inclusive, que a agenda política que governa o mundo está alinhada com tal esquema cósmico. Como adepto da Teoria da Conspiração, intua-se que o governo oculto manipulador dos principais fatos históricos – desde as grandes revoluções às grandes guerras e aos atentados terroristas – utiliza também os movimentos astrológicos para a realização de seus intentos. Acredita-se que tais eventos, não acontecem naturalmente, de uma forma aleatória, mas são forjados nos bastidores, através de uma rede de sociedades secretas, ritualisticamente sincronizados com os movimentos celestes.

No século XX, o ciclo de 1909 até 1944 foi regido por Marte e nesse período há o destaque das duas grandes Guerras Mundiais. Um ano depois, em 1945 até 1980, iniciou-se o Ciclo da Lua. A Lua refere-se ao povo\família e curiosamente, essa época fica conhecida pelo “baby boom”: um drástico aumento populacional global. Num ciclo, aliás, em que o homem pisou na Lua! Bastante simbólico não?!

 

Ciclo de 

Marte

Ciclo da 

Lua

Ciclo do 

Sol

Ciclo de

 Saturno

Ano Regente Ano Regente Ano Regente Ano Regente
1909 Marte 1945 Lua 1981 Sol 2017 Saturno
1910 Sol 1946 Saturno 1982 Vênus 1918 Júpiter
1911 Vênus 1947 Júpiter 1983 Mercúrio 2019 Marte
1912 Mercúrio 1948 Marte 1984 Lua 2020 Sol
1913 Lua 1949 Sol 1985 Saturno 2021 Vênus
1914 Saturno 1950 Vênus 1986 Júpiter 2022 Mercúrio
1915 Júpiter 1951 Mercúrio 1987 Marte 2023 Lua
1916 Marte 1952 Lua 1988 Sol 2024 Saturno
1917 Sol 1953 Saturno 1989 Vênus 2025 Júpiter
1918 Vênus 1954 Júpiter 1990 Mercúrio 2026 Marte
1919 Mercúrio 1955 Marte 1991 Lua 2027 Sol
1920 Lua 1956 Sol 1992 Saturno 2028 Vênus
1921 Saturno 1957 Vênus 1993 Júpiter 2029 Mercúrio
1922 Júpiter 1958 Mercúrio 1994 Marte 2030 Lua
1923 Marte 1959 Lua 1995 Sol 2031 Saturno
1924 Sol 1960 Saturno 1996 Vênus 2032 Júpiter
1925 Vênus 1961 Júpiter 1997 Mercúrio 2033 Marte
1926 Mercúrio 1961 Marte 1998 Lua 2034 Sol
1927 Lua 1963 Sol 1999 Saturno 2035 Vênus
1928 Saturno 1964 Vênus 2000 Júpiter 2036 Mercúrio
1929 Júpiter 1965 Mercúrio 2001 Marte 2037 Lua
1930 Marte 1966 Lua 2002 Sol 2038 Saturno
1931 Sol 1967 Saturno 2003 Vênus 2039 Júpiter
1932 Vênus 1968 Júpiter 2004 Mercúrio 2040 Marte
1933 Mercúrio 1969 Marte 2005 Lua 2041 Sol
1934 Lua 1970 Sol 2006 Saturno 2042 Vênus
1935 Saturno 1971 Vênus 2007 Júpiter 2043 Mercúrio
1936 Júpiter 1972 Mercúrio 2008 Marte 2044 Lua
1937 Marte 1973 Lua 2009 Sol 2045 Saturno
1938 Sol 1974 Saturno 2010 Vênus 2046 Júpiter
1939 Vênus 1975 Júpiter 2011 Mercúrio 2047 Marte
1940 Mercúrio 1976 Marte 2012 Lua 2048 Sol
1941 Lua 1977 Sol 2013 Saturno 2049 Vênus
1942 Saturno 1978 Vênus 2014 Júpiter 2050 Mercúrio
1943 Júpiter 1979 Mercúrio 2015 Marte 2051 Lua
1944 Marte 1980 Lua 2016 Sol 2052

Saturno

2016, regido pelo Sol, representa o fim de um Ciclo, que se iniciou em 1981. Antes de entrarmos na análise astrológica do ano 2016, vamos relembrar os principais fatos que aconteceram há 36 anos e deram início a esse ciclo, que se fecha agora.

Muitos dizem que 1981 foi o início da etapa final do processo da Globalização. Nesse ano também é lembrado com a tentativa de assassinato ao Papa e ao presidente Reagan dos Estados Unidos, além do golpe no Egito, que fez o ditador Hosni Mubarak chegar ao poder. No Brasil, surge um carro chamado Del Rey, o show do Queen acontece no Morumbi, Xuxa flerta com Pelé e, ainda naquele ano, a futura rainha dos baixinhos apareceria em pelo menos 47 capas de revista. O ano seria lembrado também pelo atentado com bomba que houve no RioCentro. Aconteceu também o surgimento do SBT de Silvio Santos e nos EUA a MTV! Lula seria preso e depois liberado. Surgiam os primeiros shoppings centers no Brasil. Enquanto que na Inglaterra, Princesa Diana se casava com Príncipe Charles. Era detectado o primeiro caso de AIDS, e a IBM cria seu primeiro PC com Windows da Micro$oft e o Atari além do robô Artur fazia a cabeça da garotada!

Se observar atentamente, esse ciclo fica conhecido como o início do Século do Ego, além do surgimento de grandes celebridades, políticos carismáticos e o início da famosa: Revolução Científica Informacional. De lá pra cá, é inegável o avanço tecnológico e na Mitologia, o Sol é representado por Apolo, que além de dominar a música, também era o senhor do conhecimento. Além disso, podemos perceber o início dos famosos atentados terroristas. Há quem diga também que nesse ciclo solar houve um “despertar” para uma Nova Era. O próximo grande Ciclo se refere a Saturno, o último aconteceu entre 1765 – 1800 e vimos acontecer as Revoluções Burguesas que trouxe como consequência o fim das monarquias. Será então que a partir de 2017 teremos uma Nova Ordem Mundial com um Governo Único?! Justamente quando Saturno estará em seu trono em Capricórnio?

Fazendo um paralelo com o início deste Ciclo, regido pelo Sol, e que finaliza no final desse ano, podemos esperar uma fase com morte de figuras públicas?! Mais atentados terroristas? No Brasil teremos Olimpíadas, um evento um tanto Solar, num país arrastado por incerteza, crise e violência. Podemos esperar alguma surpresa? Teremos alguma novidade no ramo da ciência, que vem fazendo avanços avassaladores nas vertentes da genética e na robótica? Inteligência Artificial agora no mercado? Mais alterações climáticas envolvendo o suposto “Aquecimento Global”? Surgimento de novas celebridades no YouTube? Mudanças no cenário geopolítico mundial? Algum país sofre golpe político?Aumento da tirania e da ditadura por parte do Governo? Aparição de uma nova epidemia? Anúncio de vida em outro planeta?

Desde 2008, quando Plutão ingressou em Capricórnio, o $istema como o conhecemos começou a balançar. O senhor das profundezas vem trazendo à tona toda a sujeira, esquemas de corrupção e a podridão que existe no Governo. Capricórnio rege a ordem, a organização, as estruturas sociais e suas hierarquias, a política. Até 2022 a Matrix estará atualizando os seus códigos e paradigmas (Plutão em Capricórnio tem desvelado achados arqueológicos, como por exemplo, a descoberta recente de ossadas de seres gigantes).

Ainda veremos por 2016, resquícios da quadratura entre Urano em Áries e Plutão em Capricórnio, trazendo revoltas e manifestações populares contra o status quo, em diferentes partes do globo terrestre. Esse trânsito individual trás inquietação, irritação e agressividade perante os possíveis obstáculos. É também um momento de observar padrões de comportamento sucateados, que te impedem de ir além. Perante um imprevisto, improvise!
Analisando os trânsitos astrológicos de 2016, pode-se observar uma grande semelhança com as configurações celestes de 1936, período turbulento de grande instabilidade política e econômica, antecedente ao surgimento do fascismo, em Roma e do Nazismo, na Alemanha. No cenário político atual, é possível observar claramente o surgimento de figuras polêmicas e intolerantes, com discursos bélicos e preconceituosos.

Durante 2016, a grande dança cósmica fica por conta da quadratura em T entre Saturno, Júpiter e Netuno. Vamos analisar o contexto do céu por partes:

O Mestre Saturno ingressou em definitivo em Sagitário no dia 17 de Dezembro, permanecendo até o dia 20 de Dezembro de 2017. O efeito mais óbvio desse trânsito está sendo a profunda crise no sistema educacional e o aumento da intolerância religiosa, devido à falência dos principais dogmas das religiões monoteístas. Individualmente, há uma forte necessidade de ampliar os horizontes, seja através de longas viagens ou através de cursos de autoaperfeiçoamento, visando o aumento do conhecimento filosófico e intercâmbio cultural. O lado negativo é a soberba intelectual de se achar o dono da razão. Cuidado com pré-julgamentos, pois todos somos mestres e aprendizes. É fundamental ser coerente com sua verdade e colocar, finalmente, as suas teorias em prática.

O Planeta Saturno fará uma (in)tensa quadratura com Netuno. Já que enquanto Saturno estrutura, Netuno dilui. O diálogo entre os dois não se encaixa, pois a natureza de cada um é bastante antagônica. Quando se pensa em Saturno, fala-se de ordem, estrutura, segurança, trabalho, forma, tempo, rigidez, sistema, regras, padrões, dificuldades, materialismo, repressão, tabus. Já Netuno, refere-se a sonho, ilusão, devaneio, fanatismo, engano, mentira, imaginação, mistério, espiritualidade. Enquanto Saturno é o limite, Netuno é a dissolução. Este ciclo iniciou-se em 1989, com a dissolução (Netuno) do Muro (Saturno) de Berlim. Veremos então países antes comunistas como Cuba, Venezuela e China mudarem seus regimes ou serão tragados pela Globalização, num processo que se iniciou em 1981?! A ilusão (Netuno) no estilo de vida americanizado dará suporte (Saturno) para 7 bilhões de habitantes, ou apenas para as 300 famílias?

O aspecto será sentido de Junho à Setembro. Tudo aquilo que antes te dava segurança, irá se dispersar. Se já estava perdido, a coisa tende a piorar. Uma grande crise existencial e espiritual poderá se instalar e quem não tiver uma meta definida, um caminho claro a ser trilhado, ficará perdido, a mercê de falsos gurus. Surgirão confusões, devido a uma pseudo-espiritualidade esquizotérica, ao aumento do uso de drogas legais e ilegais e do consumo exagerado de JunkFood. Enganos devido a fanatismo religioso aparecerão, junto com decepção de falsos ídolos e o aumento do ateísmo niilista. Esse aspecto é de natureza minguante e por isso tende a finalização de questões iniciadas em 1989. Durante essa época, dava-se o fim da Guerra Fria, mas ainda hoje, permanece muita tensão entre Rússia e EUA, como por exemplo, as questões envolvendo a Ucrânia e a Síria. É bom lembrar que em 1990, Fernando Collor confiscava a poupança do trabalhador brasileiro e ironicamente, atualmente no plenário, existe uma lei que pretende acabar com a circulação do dinheiro de papel. Haverá muita desinformação e manipulação de imagens feitas pela mídia, portanto, é fundamental fazer uma pesquisa aprofundada antes de absorver qualquer afirmação. Questione o senso comum!
É possível verificar o surgimento de radicais fundamentalistas em formato de falsos grupos terroristas como “Isis”, “El”, “Al Qaeda” ou até mesmo políticos capitalistas que são financiados pelos mesmos banqueiros sionistas, que controlam as rédeas do jogo e assim, mantém a concentração de renda com uma minoria “iluminada”. Eles dividem o povo e criam o caos, para a manutenção da ordem. Veremos então, o surgimento de grandes monopólios?

É imprescindível evitar sentimentos negativos, depressivos, desânimos. Não dê atenção às notícias de baixa vibração, que são propagadas pela mídia. Muita expectativa (Netuno) poderá causar frustração (Saturno). É fundamental observar se seus planos estão bem estruturados (Saturno) para a realização dos seus ideais (Netuno). Devaneios sombrios e medos inconscientes poderão querer te sabotar. Esse trânsito tende, inclusive, ao aumento no índice de suicídio, mas não é hora de se desesperar. O momento favorece na busca de terapias e todos os métodos naturais, que auxiliem na cura. Júpiter estará até o dia 8 de setembro em Virgem e essa quadratura traz um período de incertezas, dúvidas, angústias e baixa autoestima. Aquelas pessoas que tiverem sua fé baseada apenas em crenças e não em experiências pessoais, ficarão completamente desnorteadas durante esse trânsito. O lado mais obscuro refere-se ao fato que a crise de 1929, aconteceu justamente durante o trânsito de Saturno em Sagitário.

Sim, infelizmente o mundo passa por uma profunda retração econômica, mas não é preciso pânico. A crise é uma oportunidade de mudança, um momento de decisão e transformação, é hora de revermos tudo! Todos os nossos valores mais enraizados (desde questões que envolvem família, amor e relacionamento) devem ser repensados, é necessário rever nossos paradigmas sociais, espirituais, sexuais e políticos. Abaixo o desânimo! Será importante muita persistência, pois vários castelos que foram erguidos eram de areia. Não havia sustentação suficiente para encarar a realidade e sabe-se porém, que sem utopias, a alma sucumbe. É preciso aprender que existe um ritmo cósmico, ou seja, existem momentos de contração e expansão e nada no universo é permanente. Há o tempo da plantação e o da colheita. Em Outubro, surge uma saída já que em Dezembro, Urano fará trígono com Saturno trazendo à tona soluções inovadoras e criativas, que surpreenderão até o mais pessimista! A inércia será o grande inimigo durante esse trânsito.

Netuno encontra-se em Peixes até 2024 e podemos observar o imaginário coletivo através dos filmes e séries do momento, como exemplo, a propagação dos zumbis. Há um medo de contaminação e proliferação de doenças: Desde o maldito mosquito da dengue ao retorno da peste negra. Todo tipo de tratamento holístico e natural está recomendado (Quíron também está em Peixes). O exemplo claro desse trânsito é a aceitação dos benefícios que a cannabis pode trazer no tratamento de diversas doenças, inclusive no câncer. É de urgência que humanidade se abra para uma espiritualidade superior e perceba que não há separação, afinal somos todos um!

De Fevereiro à Julho, Júpiter que está no signo de Virgem, se desentende com Saturno em Sagitário, forçando uma melhor administração dos nossos recursos. Haverá conflitos entre querer expandir (Júpiter) e aceitar as limitações do momento (Saturno). O mundo ainda se encontra numa grave crise política, econômica e espiritual e haverá oscilação entre euforia (Júpiter) e pessimismo (Saturno). Surgirão possibilidades de crescimento, mas também de perdas, por isso: atenção e planejamento serão indispensáveis. Use somente o necessário, busque alternativas e novos recursos. Nesse momento, é importante ser implacável, paciente, além de agir com sagacidade e senso de oportunidade: “O homem comum age apenas se há oportunidade de lucro. Os guerreiros agem não pelo lucro, mas pelo espírito de justiça.” O ideal é focar no autodesenvolvimento, ao invés de se preocupar com os resultados.

Outro aspecto tenso, que ocorrerá durante 2016, de Março à Julho, é a oposição entre Júpiter e Netuno. Tendências à desesperança, dificuldade de realização de projetos, visão distorcida da realidade, confusão e engano. Surgimento de seitas fanáticas, deturpação entre espiritualidade e religião, contradições entre misticismo e dogmatismo. É de urgência ter máxima atenção às novas promessas mirabolantes dos políticos para antigos problemas.

Júpiter ingressará no signo de Libra no dia 9 de Setembro, ficando até o dia 10 de Julho de 2017 e fará um sêxtil com Saturno, aliviando bastante a tensão. Tudo indica que a Economia voltará a crescer. Será necessária a criação e manutenção de parcerias. Relacionamentos novos começarão e os antigos, já desgastados, poderão ruir, pois em Dezembro, Júpiter faz quadratura com Plutão e oposição com Urano. “Temos a arte para não morrer da verdade.” Depois de uma grande crise, só mesmo a criatividade para nos tirar do fundo do poço. Nesse período, trabalhos voltados para beleza, música e estética serão beneficiados.

Durante o ano de 2016, Mercúrio ficará retrógrado e esse movimento tende a dar certa dor de cabeça: atrasos, engarrafamentos, enganos, indecisão e problemas com tecnologia. Evite assinar documentos importantes, leia e releia quantas vezes for necessário, faça sempre uma revisão daquilo que foi lido e escrito. Geralmente, segredos que estavam escondidos podem ser desvelados. Fique atento!

A retrogradação acontece nas seguintes datas:
05 a 25/01, 28/04 a 22/05, 31/08 a 22/09. 18/12 a 08/01/17.

Já que falamos de movimento retrógrado, o pequeno Maléfico Marte ficará retrógrado durante o período de 17 de Abril até 29 de Junho. Além disso, em Abril, Marte fará conjunção com a estrela Antares e nessa época as emoções estarão à flor da pele. Impulsividade, agressividade e impaciência generalizada, seja no trânsito, no lar ou no trabalho. Haverá um forte desejo de abandonar tudo e vagar pelo mundo. Será perceptível o aumento da intolerância racial, sexual, social e religiosa, por isso tente evitar discussões polêmicas como futebol e política. Podemos presenciar o aumento dos abusos sexuais, além de problemas diplomáticos envolvendo diferentes países: Irã e Arábia Saudita? Coréia do Norte cria bomba de Hidrogênio?! Teremos mais uma invasão norte americana? Há uma grande possibilidade de atentados terroristas por motivações religiosas. Depois, Marte deixa Sagitário e se exalta em Escorpião e veremos um aumento da libido, do desejo, da vontade de vencer e os relacionamentos que já estão em andamento tendem a se tornar mais intensos e passionais. Sentimentos de vingança e traição também podem acontecer tanto no âmbito individual, quanto global.

No dia 27 de Setembro, Marte se despede de Sagitário e ingressa no signo de Capricórnio e a demanda de trabalho deve aumentar. Responsabilidade, organização, produtividade, disciplina serão atributos necessários para se chegar ao topo. Já no dia 9 de Novembro, Marte ingressará no signo de Aquário, trazendo mais ousadia, inovações e rebeldia, com forte desejo de liberdade. E o ano se despede com Marte ingressando no signo de Peixes no dia 19 de Dezembro, momento de buscar uma espiritualidade, ingressar na meditação e procurar tratamentos que visem uma melhor qualidade de vida.

Em relação ao indivíduo, como parte integrante do Todo, o ano de 2016 será uma fase de investir em autoconhecimento e vivenciar a verdadeira jornada do herói, pois existe uma grande diferença entre saber o caminho e percorrê-lo. É um ano de resgatar seu amor-próprio e (re)descobrir a sua sombra: vaidade, inveja, orgulho e arrogância caminham ao seu lado. Chegou a hora de ir em busca da sua vocação, escutar aquela voz do coração que te guia em busca da realização da sua verdadeira vontade. Qual é a sua missão?!

Numerologicamente, o ano será regido pelo número 9, que representa coincidentemente fim de um ciclo e que nos cobrará compreender um assunto um tanto confuso: espiritualidade. Em tempos apocalípticos, qual é a sua verdade?! No que você acredita? Ainda tem fé?!

Outra pista importante é a mudança dos Nodos Lunares que em 2015 estavam no eixo Áries e Libra, questionando a forma da humanidade de se relacionar, cobrando um equilíbrio entre a individualidade e o egoísmo e a necessidade de estar em contato com o outro. Já em 2016, os Nodos Lunares se encontrarão no eixo Virgem e Peixes, cobrando equilíbrio entre corpo e espírito e será preciso ter muita disciplina para realização dos sonhos.

Ao observar todas essas informações, conclui-se que não será um ano fácil, já que grandes desafios nos aguardam, mas como dizia um velho ditado chinês: “Que você viva em tempos interessantes” pois “Mar calmo nunca fez bom marinheiro”. O mundo é o reflexo do nosso interior, antes de querermos mudar o mundo, precisamos mudar a nós mesmos. Evite, principalmente, projetar as suas sombras nos outros e busque, acima de tudo, o desabrochar do seu verdadeiro eu. O céu tem sua sabedoria e por estar em constante movimento, ele nos cobra participarmos da sua eterna (mu)dança. É preciso estar em constante renovação para acompanhar a dança do universo: dois passos pra frente um pra trás, sobe e desce, desce e sobe. O ano de 2016 acontece com seus principais Atores (Planetas) em Personagens (Signos) Mutáveis e a lição é clara: adaptação, versatilidade e flexibilidade.

“Os guerreiros não conquistam vitórias batendo a cabeça nos muros, mas sim superando-os. Os guerreiros pulam os muros, não os derrubam.”

: :

Comentários

Coentários