Dia 2-12-2015: “Para nos mantermos bem é necessário comer pouco e trabalhar muito.”

dia 2-12

Quarta Feira, dia de Mercúrio e a Lua ingressa em Virgem, um signo mercurial que faz sêxtil com Vênus, além de se opor a Netuno e quadrar com Saturno.

Observe a sua mente e seu diálogo interno e ouvirá vozes contraditórias incessantes, como um cabo de guerra, que assim como um pêndulo, tende a ir de um lado para o outro. Seu pensar é como nuvens, que passam pelo crivo da emoção. É importante observar a ligação de determinados pensamentos com alguns sentimentos específicos e assim, perceber padrões que se repetem no comportamento, muitas vezes gerando preconceitos e paranoias. Tente discernir o que é real e o que é ilusório, dentro de suas reflexões.

É fundamental a vigília da sua mente, pois pode haver autossabotagem e então, acabar confundindo emoções com desejos, ansiedade com angústia ou projeções com invejas. Mentir para si mesmo, só para não assumir seu medo da escassez e da carência, não será o caminho.

Infelizmente, é muito comum nascer num ambiente familiar conturbado, vários cresceram filhos de mãe solteira, que tinham que sair para trabalhar e trazer o sustento da casa. Deixavam seus filhos a mercê da televisão e apenas com o aprendizado da rua, o que pode ter deixado sequelas – tanto na mãe, quanto no filho – levando a um vazio, um abismo de desconfianças, traumas e depressão. Esse bicho acuado e assustado cresceu e é agora é um adulto ferido, sedento por carinho, acolhimento e atenção. O mundo precisa de cuidados, trabalho voluntário e todo tipo de ajuda!

Evite notícias negativas e preencha seu tempo com suas orações, mantras, pensamentos elevados, frases afirmativas. Se atente às chantagens emocionais e todo tipo de vampirismo, em relacionamentos dependentes e limitantes.

Cuidado com o corpo: faça exercícios físicos e esteja alerta ao que ingere, desde alimentos, remédios à toxinas. É imprescindível à criação de uma rotina saudável e produtiva, pois mente vazia embaça a retina.

: :

Comentários

Coentários