30-07-2015: “Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal.”

30-07-2015

Hoje no baile do céu, temos pela manhã Marte ainda em oposição a Plutão, pela tarde a Lua faz sêxtil com Saturno. Até às 18:40 a Lua encontra-se Vazia. Na madrugada temos Lua Cheia em Aquário fazendo oposição ao Sol.

O desejo de avançar é proporcional ao medo. Lá fora é tudo tão perigoso. São muitos riscos que a Selva de Pedra oferece.

É mais tranquilo se manter na zona de conforto. Em compensação a vida passa. A segurança é ainda sim uma ilusão. Você sabe que precisa ir além. Muita coisa precisa ser transformada.
O seu mundo é o reflexo de você. As emoções estão confusas. Uma preguiça misturada com vontade de viver. Uma encruzilhada se apresenta: Se ficar o bicho pega. Se correr o bicho come. E agora? Como enfrentar os dragões?

A razão domina a mente. Ela é traiçoeira. O ego é medroso, mas a alma corajosa.
O ser humano é um bicho repetitivo. Ser de hábitos e rotina. Muitas das vezes envolvidos em tarefas que não lhe dão nenhuma satisfação. A correria é tão grande, que não há espaço para uma maior reflexão. Além disso, o si$tema capetalista não acompanha os ritmos celestes, tirando assim o homem de seu equilíbrio biopsiquíco com o Todo.

Aprenda a praticar o “não-fazer”. Caminhe pelas ruas observando o seu caminhar, sua forma de respirar. Olhe para as árvores, já pensou em conversar com alguma delas? Faça coisas inusitadas, analise menos, e sinta mais. Sim, os tempos estão difíceis. Por isso é importante ainda o sonhar. Tente lembrar-se dos seus sonhos. Algum aviso importante ele quer te dar.

Com a chegada da Lua Cheia as energias chegam ao ápice. Há um forte desejo de largar tudo! Apertar o botão do foda-se! Mas você sabe que ainda não é possível. As obrigações te prendem. As responsabilidades mundanas são necessárias.

É de urgência encontrar um equilíbrio entre o trabalho e o ócio criativo. É fundamental compreender que a existência oscila entre o caos e a ordem. E que você faz parte disso tudo: Do sobe e desce da vida.

Ao invés de ter um álbum de fotos, que tal criar um álbum de recordações sublimes? Ao invés de focar sua mente nos problemas, experimente relembrar aqueles raros, porém eternos momentos mágicos. Tais lembranças ajudam em situações de desgaste energético.Os obstáculos foram feitos para serem superados. Muitos deles você mesmo que criou logo só você poderá enfrentá-los.

O medo é  geralmente oriundo de fracassos antigos. Observe sua vaidade.
Erros ainda se repetem: Recapitule.
Organize sua vida. Tenha uma agenda. Foque no seu planejamento.
Esqueça sua história pessoal. O que tu és, o que tu foi não importam mais. Tudo já passou.
Observe sua rotina e seus hábitos. Assuma as responsabilidades pelos seus erros.
Aprenda a respirar e não tenha vergonha de relaxar.
Cuide do seu corpo e da sua alimentação.

E o mais importante: Um dia você vai morrer, então que tal começar a viver?!

: :

Comentários

Coentários